Buscador Avanzado

Autor

Tema

Libro de la biblia

* Cita biblica

Idioma

Fecha de Creación (Inicio - Fin)

-

UNIDADE PLURAL

Written by
Rate this item
(2 votes)

Acção de graças


Realmente é nossa obrigação e o nosso melhor desejo

bendizer o teu nome e glorificar-te, Deus Pai,

porque tu és o único Deus,

o criador do universo,

o Deus de todas as criaturas,

aquele que é venerado por todas as religiões do universo.

Obrigado, Pai, porque nos amas infinitamente

e a todos da mesma maneira,

porque não fazes distinção entre ricos e pobres,

nem entre os que possuem o poder

e os que formam o povo simples.

Queríamos que toda a humanidade

te reconhecesse como o seu único e bom Deus

e te bendissesse por isso com carinho.

Agora, em nome de todos os seres humanos,

entoamos em tua honra este hino de glória.

 

Memorial da Ceia do Senhor

 

Nós te bendizemos uma vez mais, Pai e Mãe de todos,

porque nos ofereceste a palavra profética de Jesus

e a sua experiência vital, fiel reflexo do teu Espírito.

Acreditamos em Jesus,

aceitamos de coração os seus ensinamentos.

Por ele sabemos que o nosso único sinal de identidade

é fazer que ninguém sofra qualquer pena

e todos sejam plena e felizmente humanos.

Agora sabemos que não basta chamar-se cristão

para pertencer ao grupo dos discípulos de Jesus,

porque a único acreditação válida,

que serve tanto para crentes como para agnósticos e ateus,

é a dedicação a tornar justa e digna a vida de todos.

Jesus, o libertador por excelência,

pediu-nos que fizéssemos como ele,

que nos déssemos aos outros sem reservas.

 

Invocação ao Espírito de Deus


Recordamos a vida do teu filho Jesus, que queremos imitar,

lamentamos a sua morte cruel, paradigma da injustiça,

e alegramo-nos porque já vive em Ti, plenamente feliz.

Deus Pai, infunde-nos o teu Espírito, queremos colaborar

com todas as pessoas de boa vontade

em construir um mundo de iguais, justo, solidário.

Verdadeiramente é uma tarefa enorme, que nos supera.

Porque continuamos empenhados em fazer pobres

e marginalizados, depois criar barreiras e separar irmãos.

Fazemos guetos de marginalizados,

quando não se trata de os expulsar do país.

Temos que apoiar a paz e o entendimento

onde haja conflito e guerra

e conseguir que neste mundo reine o amor e a equidade.

Dá-nos um coração tão grande como o de Jesus,

que nos abramos generosamente a toda a humanidade

e nos sintamos uma verdadeira fraternidade,

irmãos de todos os nossos irmãos.

Vamos rezar-te agora a oração que Jesus nos ensinou

e te invocaremos como Pai, Pai nosso e de todos,

sem excluir ninguém.

Queremos dedicar-te, Senhor,

uma permanente homenagem de gratidão.

AMÉN.

 

Rafael Calvo

Traducción de Marcelino Paulo Ferreira

Read 2179 times
Login to post comments