Print this page

HÁ QUE TER FOME...!

Written by
Rate this item
(1 Vote)

HÁ QUE TER FOME...!


Para crer em ti

há que ter fome,

pois vives no pão tenro

que se parte e reparte

em qualquer casa, mesa e encruzilhada,

entre irmãos, desconhecidos e caminhantes.

 

Para crer em ti

há que ter fome,

pois tu és banquete de pobres

e espólio de mendigos,

que vazios, sem campos nem celeiros,

descobrem que são ricos.

 

Para crer em ti

há que ter fome,

fome de vida e justiça

que não fica satisfeita

com vãs, ocas, palavras lights,

pois embora nos encantem e cativem,

não nos alimentam nem satisfazem.

 

Para crer em ti

há que ter fome,

pois sem ela esquecemos facilmente

os dois terços que a têm,

entre os quais tu andas perdido

porque são os que mais te fascinam.

 

Para crer em ti

há que ter fome,

e manter desperto o desejo

de outro pão diferente daquele que nos vendem

em mercados, praças e encontros

onde tudo se compra e vende.

 

Para crer em ti

há que ter fome,

e, às vezes, engasgar-se ao ouvir-te

para descobrir a novidade

da tua presença e mensagem

neste mundo sem ilusões.

 

Florentino Ulibarri

Read 4511 times
Login to post comments