Buscador Avanzado

Autor

Tema

Libro de la biblia

* Cita biblica

Idioma

Fecha de Creación (Inicio - Fin)

-

PÃO EUCARÍSTICO

Written by
Rate this item
(1 Vote)

Acção de Graças


Humildemente, confiadamente,

tal como nos recomenda o teu filho Jesus,

dirigimo-nos a ti, Deus e nosso Pai.

Queremos ter consciência

da transcendência das nossas palavras,

porque, embora reconhecendo a nossa infinita pequenez,

acreditamos que realmente nos escutas.

A primeira coisa que te queremos dizer, Senhor,

é que te agradecemos a vida

que nos dás e que podemos desfrutar.

Sabemos que nos amas,

muito mais do que a nossa mente é capaz de perceber.

Obrigado, Pai.

E embora não precises dos nossos louvores,

queremos demonstrar-te o nosso carinho e agradecimento

com este hino de bênção

que entoamos juntos todos os teus filhos.

 

Memorial da Ceia do Senhor


Verdadeiramente é justo e nosso dever dar-te graças

porque nos dás como irmão e guia

Jesus de Nazaré.

Estamos reunidos, como em tantos outros domingos,

ao redor de uma mesa

e queremos estar conscientes do seu verdadeiro sentido.

Não esperamos neste momento nenhum milagre,

ninguém vai pronunciar palavras mágicas.

Só estamos a fazer memória da última ceia

que Jesus celebrou com os seus amigos.

Quando ele tratou de lhes ensinar

como deviam entregar-se ao serviço dos outros,

deixou-lhes uma imagem muito gráfica e fácil de reproduzir:

a de um pão partido

e repartido em pedaços para cada amigo

e a de um cálice de vinho do qual todos beberam.

 

Invocação ao Espírito de Deus


Jesus não foi homem de rituais.

Quando nos disse «fazei isto em minha memória»,

não quis instituir nenhum acto de culto,

mas convidar-nos a imitar a sua entrega aos outros.

Este é o significado do que acabamos de realizar.

Jesus quer que recordemos a sua vida, até à morte,

pondo ao serviço dos outros

tudo o que somos, a nossa vida.

Celebrar uma eucaristia incita-nos a comprometer-nos,

a ser promotores de unidade e de harmonia

entre os irmãos.

Prometemos-te que este vai ser

o nosso principal objectivo na vida.

Deus Pai, que estás nos céus e em todos nós,

damos-te graças uma vez mais

por quanto fazes continuamente

por todos os homens de boa vontade.

Bendito sejas, Pai santo, queremos honrar-te

como melhor sabemos,

e agradecer-te por Jesus

fazer parte da nossa história.

Por ele e em sua companhia

brindamos com orgulho em tua honra.

AMÉN.

 

Rafael Calvo

Traducción de Marcelino Paulo Ferreira

Read 3488 times
Login to post comments