Buscador Avanzado

Autor

Tema

Libro de la biblia

* Cita biblica

Idioma

Fecha de Creación (Inicio - Fin)

-

VIVER SEM ACOLHER A LUZ

Written by
Rate this item
(1 Vote)

Todos vamos cometendo ao longo da vida erros e desacertos. Calculamos mal as coisas. Não medimos bem as consequências das nossas ações. Deixamo-nos levar pela paixão ou insensatez. Somos assim. No entanto, não são esses os erros mais graves. O pior é ter a vida organizada de forma errada. Vejamos um exemplo.

Todos sabemos que a vida é uma dádiva. Não fui eu que decidi nascer. Não me escolhi a mim mesmo. Não escolhi os meus pais nem o meu povo. Tudo me foi dado. Viver é já, desde a sua origem, receber. A única maneira de viver sensatamente é receber de forma responsável o que me é dado.

No entanto, nem sempre pensamos assim. Acreditamos que a vida é algo que nos é devido. Sentimo-nos donos de nós mesmos. Achamos que a maneira mais acertada de viver é organizar tudo em função de nós mesmos. Eu sou a única coisa importante. Que importam os outros?

Alguns não sabem viver, sem exigir. Exigem e exigem sempre mais. Têm a impressão de não receber nunca o que lhes é devido. São como crianças insaciáveis, que nunca estão contentes com o que têm. Não fazem mais do que pedir, reclamar, lamentar-se. Sem se darem conta que se convertem pouco a pouco no centro de tudo. São a fonte e a norma. Tudo deve ser subordinado ao seu ego. Tudo deve ser instrumentalizado para o seu proveito.

A vida da pessoa fecha-se então sobre si mesma. Já não se acolhe o presente de cada dia. Desaparece o reconhecimento e gratidão. Não é possível viver com um coração dilatado. Continua-se a falar de amor, mas «amar» significa agora possuir, desejar o outro, colocá-lo ao meu serviço.

Esta forma de enfocar a vida leva a viver fechados a Deus. A pessoa incapacita-se para acolher. Não acredita na graça, não se abre a nada de novo, não escuta nenhuma voz, não suspeita na sua vida de nenhuma presença. É o indivíduo que preenche tudo. É por isso é tão grave a advertência do Evangelho de João: «A Palavra era luz verdadeira que ilumina cada homem. Veio ao mundo... e o mundo não a conheceu. Veio a sua casa, e os seus não a receberam». O nosso grande pecado é viver sem acolher a luz.

 

José Antonio Pagola

Tradutor: Antonio Manuel Álvarez Pérez

Publicado en www.gruposdejesus.com

Read 111 times
Login to post comments