Buscador Avanzado

Autor

Tema

Libro de la biblia

* Cita biblica

Idioma

Fecha de Creación (Inicio - Fin)

-

DESCOBRIR O PROJECTO DE DEUS

Written by
Rate this item
(2 votes)

Não era fácil acreditar em Jesus. Alguns sentiam-se atraídos pelas suas palavras. Em outros, pelo contrário, surgiam não poucas dúvidas. Era razoável seguir Jesus ou era uma loucura? Hoje ocorre o mesmo: vale a pena comprometer-se com o Seu projeto de humanizar a vida ou é mais prático ocupar-nos cada um do nosso próprio bem-estar? Entretanto pode-se passar a vida sem tomar nenhuma decisão.

Jesus conta duas breves parábolas. Nos dois relatos, o respectivo protagonista encontra um tesouro enormemente valioso ou uma pérola de valor incalculável. Os dois reagem da mesma forma: vendem tudo o que têm e ficam com o tesouro ou com a pérola. É, sem dúvida, o mais sensato e razoável.

O reino de Deus está «oculto». Muitos ainda não descobriram o grande plano de Deus para um novo mundo. No entanto, não é um mistério inacessível. Está «oculto» em Jesus, na Sua vida e na Sua mensagem. Uma comunidade cristã que não descobriu o reino de Deus não conhece bem Jesus, não pode seguir os Seus passos.

A descoberta do reino de Deus muda a vida de quem o descobre. A Sua «alegria» é inconfundível. Encontrou o essencial, o melhor de Jesus, o que pode transformar a sua vida. Se os cristãos não descobrirem o projeto de Jesus, na Igreja não haverá alegria.

Os dois protagonistas das parábolas tomam a mesma decisão: «vendem tudo o que têm». Nada é mais importante do que «procurar o reino de Deus e a Sua justiça». Tudo o resto vem depois, é relativo e deve estar subordinado ao projeto de Deus.

Esta é a decisão mais importante que temos que tomar na Igreja e nas comunidades cristãs: libertar-nos de tantas coisas acidentais para nos comprometermos com o reino de Deus. Despojar-nos do supérfluo. Esquecer-nos de outros interesses. Saber «perder» para «ganhar» na autenticidade. Se o fizemos, estamos a colaborar na conversão da Igreja.

 

José Antonio Pagola

Tradutor: Antonio Manuel Álvarez Pérez

Publicado en www.gruposdejesus.com

Read 249 times
Login to post comments